Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

  O Programa

Estratégia

O Programa Brasileiro de Segurança do Paciente está pautado em dezesseis objetivos, com  destaque para os sete a seguir:
  • Posicionar a qualidade da atenção à saúde e a segurança do paciente como
    prioridade estratégica das instituições;
  • Promover a incorporação da qualidade assistencial e da segurança do paciente na prática do dia a dia;
  • Gerar Informação e Evidências Objetivas em resultados de segurança;
  • Compilar e dispor informações sobre qualidade e segurança do paciente
  • Prestar assessoria técnica na formulação, melhoramento e execução dos programas
    de qualidade e segurança do paciente as instituições integrantes;
  • Fornecer um instrumental teórico e prático aos serviços de saúde que pretendam
    implantar políticas de segurança do paciente; 
  • Capacitar profissionais para o atendimento ao paciente nos aspectos que envolvam a
    prevenção de eventos na assistência à saúde por meio de educação permanente;
O Programa Brasileiro de Segurança do Paciente, coordenado pelo IQG – Instituto Qualisa de Gestão, segue os conceitos: Abordagem progressiva, Estrutura piramidal e uso de Ferramentas web de comunicação e de coleta de dados.
 
Abordagem progressiva
Durante a primeira fase do Programa são promovidos os conjuntos de protocolos assistenciais para a   Prevenção da Pneumonia Associada a Ventilação Mecânica e para Prevenção de Infecção de Corrente Sanguínea relacionada a Cateter Central.  A escolha destas intervenções como iniciais foi baseada em seu alto impacto, em sua custo-eficácia e em sua viabilidade para a maioria as instituições.
 
Estrutura piramidal
Para facilitar a permeabilidade das intervenções em toda a rede hospitalar e para fomentar o intercambio de experiências, o Programa Brasileiro de Segurança do Paciente adotou uma estrutura piramidal, contando com um grupo de hospitais multiplicadores, cada um dos quais constitui a referência de mais cinco outros hospitais integrantes, configurando assim micro-redes de compartilhamento.
 
Ferramentas web de comunicação e de coleta de dados
O uso de uma Plataforma de Comunicação informatizada via web  permite que o programa tenha alcance nacional. O contato via videoconferência promove a interação de todos os integrantes do Programa. Da mesma forma, as instituições participantes recebem gratuitamente ferramentas online para coleta de dados e acompanhamento de indicadores de performance e de resultado, fato que viabiliza o acompanhamento em tempo real do desempenho dos todos os integrantes
 
Leia mais:

 

   Programa Brasileiro de Segurança do Paciente © 2012 - Todos os direitos reservados.